Estamos compartilhando Jesus?

“No dia seguinte, viu João a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo! […] Era André, o irmão de Simão Pedro, um dos dois que tinham ouvido o testemunho de João e seguido Jesus. Ele achou primeiro a seu próprio irmão, Simão, a quem disse: Achamos o Messias […] No dia imediato, resolveu Jesus partir para a Galileia e encontrou a Felipe, a quem disse: Segue-me. Felipe era de Betsaida, cidade de André e de Pedro. Felipe encontrou Natanael e disse-lhe: Achamos … Jesus, o Nazareno…”  João 1:29-51

\"\"

“Deus o encontrará onde você estiver para levá-lo aonde Ele quer que você vá” Tony Evans


Com Jesus em Oração: Em João 1 vemos que Jesus convidou Filipe: “segue-me” (v.43). O verbo grego para “seguir” não significa apenas caminhar “seguindo os passos” de alguém, mas também acompanhá-lo, estar com essa pessoa. Jesus também convida você a ter uma amizade profunda e pessoal com Ele. Ele também lhe dá a oportunidade de encaminhar outros a ele. É claro que Deus não precisa de um agente humano; Jesus poderia continuar seu ministério sem a nossa ajuda. Mas Ele decidiu trabalhar conosco. Aqui vemos que não é apenas Jesus que chama os outros diretamente, mas também seus discípulos. William Temple, escreveu um comentário sobre o Evangelho de João, ao chegar ao v.42a, “trata-se do maior serviço que um homem pode fazer a outro”. (Trecho extraído de You Version)


\"\"Pós Covid-19. Tanto organizações, como obreiros e igrejas em geral estão pedindo sabedoria do Alto para continuar fazendo a tarefa depois da Covid-19. Sabemos que nada será igual e, como se comentou recentemente em artigo da P+D, o que teremos que levar? o que teremos que deixar? O certo é que nossa COMISSÃO permanece ativa, Mt.28:18. Além do reconhecimento, houve um novo amanhecer, e ainda que o mundo pareça estagnado, nosso Senhor e Comandante-em-Chefe não retirou ou suspendeu Sua COMISSÃO. Portanto, permaneçamos atentos, vigilantes e ouvindo Aquele que governa, o único Rei.


\"\"Bloqueios Globais. Após o confinamento, muitas pessoas sentem ansiedade, medo e desequilíbrio. As ligações por suicídio aumentaram 300%. Muitos são os fatores que influenciam, embora dentro destes o que predomina seja a perda de empregos. Quero encorajar você a interceder pela saúde mental e física da sua comunidade e em nível global. Por redesenhos e fontes de trabalho, para que o Príncipe da Paz repouse em cada lar. Isaías 9:6


\"\"Não alcançados. O Paquistão tem uma população de 220 milhões; 96% são muçulmanos, ou seja, a grande maioria não é alcançada. Chegar a eles deveria ser importante para todos nós que cremos em Jesus. Além de compartilhar Cristo em sua comunidade, podemos alcançar aqueles que estão em contextos transculturais. Nossas orações farão com que isso aconteça. Orem para que eles ouçam, respondam e vivenciem Jesus em sonhos e visões. Centenas de ministérios hoje se unem em um esforço conjunto para avançar o reino de Deus entre aqueles que ainda não conhecem.


Go2020: Maio – mês da Evangelização Global

Já entramos no quarto período de 40 dias, nos quais estaremos orando pela colheita. Baseando-nos em Atos 1:8, pelos perdidos em nossa Jerusalém, Judéia, Samaria e até os confins da terra. Você pode fazer o download do Guía aquí.


\"\"30 dias de oração pelo Mundo Muçulmano

Uma transformação está acontecendo em países de todo o Oriente Médio. Cada vez mais, as pessoas se desanimam pelo extremismo e agora anseiam por conhecer Jesus. Encorajo você a usar o Guia e continuar orando. Deus, em seu infinito amor e misericórdia, se revela aos que o buscam.

Faça o download do Guia de Oração aqui. 


Etnias Para Orar:

\"\"Comunidade Garwalis Rajputs

São pessoas muito orgulhosas porque são descendentes de reis. Praticam o hinduísmo e são em torno de meio milhão de pessoas, que seguem fielmente suas práticas, vivendo no estado de Uttarakhand. Infelizmente, elas não desfrutam de fazer parte da família do Rei dos Reis. Oremos para que Jesus atravesse com Seu amor o orgulho desta etnia.


Povo Bedia

\"\"Em algumas comunidades da Índia, os bebês femininos são abortados, mas entre os Bedia se comemora a chegada de uma menina, porque mais tarde ela será objeto de entrada de dinheiro, seja porque se case ou se torne prostituta quando chegar à puberdade. Ore pelo povo Bedia, que há anos vive nesta escuridão. Orem para que a luz de Cristo os ilumine. Que o Espírito Santo transforme as crenças deste povo.

 

 

Carrinho de compras